JEAN WYLLYS É SUSPEITO DE ENVOLVIMENTO COM ADELIO NA AGRESSÃO CONTRA BOLSONARO

Segundo alguns sites. Jean Wyllys tem que escapar do Brasil antes do dia 30/1.
Já esta na França, vai pedir asilo politico, é suspeito de estar envolvido com Adelio na tentativa de assassinato de Jair Messias Bolsonaro.
Policia Federal tem as informações e guarda em segredo os detalhes.
Últimos dias ele não parava em lugar algum pra fazer cortina de fumaça pra policia federal na tentativa de despistar ou maquiar sua rotina.

WhatsApp Image 2019-01-03 at 11.00.13 PM

As informações que Jean Wyllys estaria envolvido com Adelio na tentativa de assassinato de Jair Messias Bolsonaro, percorrem a internet, inclusive por autoridades eleitas na ultima eleição.

Na postagem feita pelo Deputado Coronel Lee, consta um vídeo com detalhes informais, muito interessante.

Acesse o link e assista ao vídeo.

https://www.facebook.com/202022370497610/posts/290995031600343/

Se Jean Wyllys Está Sofrendo Ameaças Será Por Queima De Arquivo? Adélio Bispo Foi Filiado Ao PSOL.

No dia 10 setembro de 2018 (3 dias após Bolsonaro ser esfaqueado), o site Antagonista publicou (com exclusividade) uma matéria que dizia o seguinte:

“Adélio Bispo de Oliveira, que tentou assassinar Jair Bolsonaro, esteve na Câmara dos Deputados em 6 de agosto de 2013. Sua entrada foi registrada na portaria do Anexo IV”

“Ainda não há detalhes sobre quem Adélio teria visitado nem o motivo de sua presença. Ele era então filiado ao PSOL, que tinha três deputados:

Jean Wyllys, Ivan Valente e Chico Alencar.”

Pois bem … a investigação deu uma ‘pausa’ durante o fim do governo Temer.
Com Bolsonaro no comando, a PF pediu mais 90 dias para investigar novas informações que surgiram desde o atentado.
Vamos fazer agora um exercício de reflexão … vamos repetir … uma reflexão … não se trata de uma acusação.


Adélio era filiado ao PSOL ► Adélio visitou um deputado do PSOL na Câmara ► Adélio esfaqueou o candidato Jair Bolsonaro ► Polícia Federal retoma as investigações ► Deputado do PSOL renuncia ao mandato e diz que vai deixar o país porque está sofrendo ameaças.

Não é estranho? Ou será que estamos ficando neuróticos?

Materia vinculada pelo site abaixo:

https://noticiabrasilonline.com/se-jean-wyllys-esta-sofrendo-ameacas-sera-por-queima-de-arquivo-adelio-bispo-foi-filiado-ao-psol/

EM VEZ DE INVESTIGAR AMEAÇAS A WYLLYS, CLÃ INVENTA QUE FACADA FOI 'ATENTADO DO PSOL'

Em vez de mandar investigar as ameaças de morte que levaram um parlamentar ao exílio, Jair Bolsonaro, secundado por seu filho Carlos, manifestou-se na manhã desta sexta tentando transformar a facada de setembro de 2018 em Juiz de Fora num atentado político do PSOL, o partido do deputado exilado Jean Wyllys; ação de Jair Bolsonaro, que é presidente da República, tem o objetivo de deteriorar ainda mais o ambiente político do país; com a ação, o clã presidencial estimula as campanhas de perseguição e violência no país, busca transformar a facada num ato político e criminalizar o PSOL, enquanto tenta desviar a atenção dos reais motivos que levaram Wyllys ao exílio

Matéria:

https://www.brasil247.com

WhatsApp Image 2019-01-03 at 11.00.14 PM

ISTO É: Família Bolsonaro “comemora” saída de Jean Wyllys do Brasil

Após Jean Wyllys (PSOL) anunciar, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, que está desistindo de seu terceiro mandato e sairá do país, integrantes da família Bolsonaro utilizaram as redes sociais para ‘comemorar’ o fato com mensagens enigmáticas, especialmente Carlos Bolsonaro (PSL). O presidente Jair Bolsonaro negou que a mensagem tivesse relação com Jean Wyllys.

WWW.ISTOE.COM.BR

jean wyllys suspeito de envolvimeto com adelio